???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1023
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Autopercepção da imagem e satisfação corporal e estado nutricional de adolescentes
Other Titles: Adolecent’s self-perception of body’s image and satisfaction and nutritional status
???metadata.dc.creator???: Justino, Maraísa Isabela Coelho 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Enes, Carla Cristina
???metadata.dc.contributor.referee1???: Nucci, Luciana Bertoldi
???metadata.dc.contributor.referee2???: Teixeira, Paula Costa
???metadata.dc.description.resumo???: A autopercepção corporal envolve emoções, pensamentos e padrões de beleza impostos pela sociedade e difundidos pela mídia e redes sociais. Grande parte dos adolescentes aponta que a sua imagem corporal é importante para autoaceitação. Dessa forma, a presente pesquisa visou relacionar a autopercepção da imagem e satisfação corporal de adolescentes com a maturação sexual, indicadores antropométricos e fatores socioeconômicos. Trata-se de um estudo transversal realizado em três unidades de uma Organização Não-Governamental no município de Campinas-SP. A amostra foi composta por 200 adolescentes de 10 a 18 anos, de ambos os sexos. Foram coletados dados sociodemográficos como idade, sexo, etnia e condições socioeconômicas. A avaliação da autopercepção corporal ocorreu por escala de silhuetas em que os adolescentes escolhiam as figuras que representavam “EU”, “SAUDÁVEL” e “IDEAL”. Avaliou-se a satisfação corporal por áreas corporais e os adolescentes foram categorizados em “satisfeitos” e “insatisfeitos”. O Estado Nutricional foi classificado a partir do Índice de Massa Corporal conforme as curvas da Organização Mundial de Saúde. A obesidade abdominal foi avaliada pela Circunferência de Cintura (CC) e a Relação Cintura/Estatura (RCEst). A avaliação da maturação sexual foi realizada pela autoclassificação usando figuras relativas aos diferentes estágios. A maioria dos participantes era do sexo feminino (56,0%), se autodeclarava parda e pertencia ao estrato socioeconômico C2. O excesso de peso (sobrepeso+obesidade) estava presente em 64,5% dos adolescentes, porém 78,5% não apresentaram risco cardiovascular. Grande parte dos adolescentes escolheram as silhuetas proporcionais como sendo a sua imagem real. Entretanto, um terço dos meninos desejava ter silhuetas mais largas e a mesma proporção de meninas desejava ter silhuetas extremamente finas. Identificou-se distorção da autoimagem corporal quando comparado ao estado nutricional real em ambos os sexos. A insatisfação corporal manifestada pelo desejo de alterar a forma corporal esteve associada ao estado nutricional e à relação cintura/estatura. Aproximadamente 80,0% dos meninos estavam satisfeitos com seu corpo de modo geral (por áreas corporais) e 72,7% das meninas estavam insatisfeitas com seu corpo. Os obesos e com RCEst de risco apresentaram mais chance de desejar perder peso. Os resultados da pesquisa revelaram distorção da autoimagem e insatisfação corporal entre os adolescentes. As variáveis que mostraram associação com a insatisfação corporal foram a RCEst e estrato socioeconômico. Dessa forma, medidas que incentivem a autoaceitação e previnam o avanço das doenças crônicas podem beneficiar à saúde da população jovem.
Abstract: Body’s self-perception includes emotions, thoughts and society’s beauty standards which are influenced by the media and social networks. Body image is, for most adolescents, an important issue in self-acceptance. Considering this, the aim of this study was to evaluate the relationship between adolescents’ self-perception and body satisfaction with sexual maturation, anthropometric indicators and socioeconomic factors. This is a cross-sectional study carried out in three units of a non-governmental organization in Campinas city. The sample consisted of 200 adolescents between 10 and 18 years old, of both sexes. Data on age, sex, ethnicity and socioeconomic conditions were collected. The evaluation of body’s self-perception occurred by a scale of silhouettes in which figures representing “Me”, “Healthy” and “Ideal” were chosen. The classification of body’s satisfaction for each part of the body includes two options “satisfied” and “dissatisfied”. Nutritional Status was classified according to Body Mass Index from World Health organization (WHO). Abdominal obesity was evaluated by Waist Circumference (WR) and Waist-Height Ratio (WHR). Images related to different stages were used for sexual maturation self-classification. The majority of participants were female (56.0%), brown and belonged to the economic level C2. Although, 64% were overweight, 78,5% had no cardiovascular risk. Most of the adolescents selected as real image the standard-proportion silhouettes. However, while a third of boys wished larger silhouettes, the same number of girls wished extremely thin silhouettes. In both sex self-image distortion was identified when compared to nutritional status. Body dissatisfaction expressed through the wish to modify the body shape was associated with nutritional status and waist-height ratio. Approximately 80.0% of boys were satisfied with their whole body (considering the body’s parts) and 72.7% of girls were dissatisfied with their bodies. Obese adolescents and those with WHR of risk revealed a bigger tendency to wish to lose weight. The results showed selfimage distortion and body dissatisfaction among adolescents. Socioeconomic level and WHR were the variables that showed associations. Therefore, actions that incentive self-acceptance and prevent further progress of chronic diseases can benefit young people’s health.
Keywords: Adolescente; imagem corporal, estado nutricional.
adolescent; body image; nutritional status.
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL::PAPEIS E ESTRUTURAS SOCIAIS INDIVIDUO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citation: Justino, Maraísa Isabela Coelho. Autopercepção da imagem e satisfação corporal e estado nutricional de adolescentes. 2017. 115p. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas-SP.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1023
Issue Date: 14-Feb-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde - Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARAISA ISABELA COELHO JUSTINO.pdf1.67 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.