???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1085
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Temor e Tremor: a religião além dos limites da mera razão
Other Titles: Fear and Trembling: religion beyond the limits of mere reason
???metadata.dc.creator???: Silva, Carlos Campêlo da 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Barros, Douglas Ferreira
???metadata.dc.contributor.referee1???: Zuben, Newton Aquiles von
???metadata.dc.contributor.referee2???: Gouvêa, Ricardo Quadros
???metadata.dc.description.resumo???: O objetivo do presente trabalho é, a partir da leitura da obra Temor e Tremor (1843) de Søren Kierkegaard, compreender a irredutibilidade da experiência religiosa à mera conceituação racional. Parte-se do pressuposto de que, para o autor, tal experiência insere-se em um âmbito “além” dos limites da mera razão. Porém, não se trata de um “além” metafísico, mas de uma experiência subjetiva que pode apenas ser narrada, mas não reduzida a conceitos, por pertencer somente ao indivíduo que a vivencia. Valemo-nos em nossa investigação do caso de Abraão, personagem que figura no livro como porta de entrada para a reflexão filosófica, e que foi também objeto de investigação de “autores sistemáticos” anteriores e contemporâneos de Kierkegaard, que dominavam o cenário religioso e filosófico em seu tempo. Seguindo as trilhas exploradas por Kierkegaard em Temor e Tremor abordamos os supostos limites da investigação racionalista sobre a religião, que envolve a especulação tanto teológica quanto filosófica de abordagem por meio de abstrações que não se harmonizam com a realidade concreta daquele indivíduo que tem a experiência da religião. Entretanto, na pesquisa não se fez uma abordagem dogmática da religião em detrimento da razão, mas observou-se como Kierkergaard propõe uma ressignificação da razão a partir da experiência religiosa. Neste percurso o método utilizado foi o filosófico que consiste em percorrer o caminho trilhado pelo autor a fim de restituir a unidade indissolúvel inerente ao seu pensamento. A escolha de tal método justifica-se por ser o que melhor se harmoniza com os propósitos de investigação da pesquisa. Assim, esperamos com esta pesquisa contribuir para a discussão acerca da vida religiosa ao destacarmos a importância de não a reduzir a meras categorias e sistemas de pensamento que não considerem a relação singular entre o indivíduo e o Sagrado. Nessa perspectiva, a questão que procuramos responder no desenvolvimento da pesquisa foi: como compreender em Temor e Tremor a experiência religiosa sem subtraí-la da realidade concreta e qual relação esta compreensão mantém frente ao que Kierkegaard chama de “sistema”?
Abstract: The aim of the present work is, from the reading of Søren Kierkegaard's Fear and Trembling (1843), to understand the irreducibility of religious experience to mere rational conceptualization. It is assumed that, for the author, such an experience falls within a scope "beyond" the limits of mere reason. However, it is not a metaphysical "beyond," but a subjective experience that can only be narrated, but not reduced to concepts, because it belongs only to the individual who experiences it. We are interested in our investigation of the case of Abraham, a character that appears in the book as a gateway to philosophical reflection, and which was also the object of investigation of Kierkegaard's earlier and contemporary "systematic authors" who dominated the religious and philosophical scene in its time. Following the trails explored by Kierkegaard in Fear and Trembling we approach the supposed limits of rationalist research on religion, which involves both theological and philosophical speculation of approach through abstractions that do not harmonize with the concrete reality of that individual who has the experience of religion. However, in the research a dogmatic approach to religion was not made to the detriment of reason, but it was observed how Kierkergaard proposes a re-signification of reason from the religious experience. In this way the method used was the philosophical one that consists in walking along the path taken by the author in order to restore the indissoluble unity inherent in his thought. The choice of such a method is justified because it is the one that best matches the research purposes of the research. Thus, we hope with this research to contribute to the discussion about religious life by highlighting the importance of not reducing it to mere categories and systems of thought that do not consider the singular relationship between the individual and the Sacred. In this perspective, the question that we seek to answer in the development of the research was: how to understand in Fear and Trembling the religious experience without subtracting it from concrete reality and what relation does this understanding hold in front of what Kierkegaard calls the "system"?
Keywords: Søren Kierkegaard; Religião; Razão; Ética; Experiência.
Søren Kierkegaard; Religion; Reason; Ethic; Experience.
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCHSA – Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião
Citation: Silva, Carlos Campêlo da. Temor e Tremor: a religião além dos limites da mera razão. 2018. 130p. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas-SP.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1085
Issue Date: 19-Feb-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião - Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CARLOS CAMPELO DA SILVA.pdf1.83 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.