???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1114
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Linguagem escrita e música: possibilidades para o processo de alfabetização
Other Titles: Written Language and Music: Possibilities during the Literacy Process
???metadata.dc.creator???: Forner, Vivian Annicchini 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Tassoni, Elvira Cristina Martins
???metadata.dc.contributor.referee1???: Ometto, Cláudia Beatriz de Castro Nascimento
???metadata.dc.contributor.referee2???: Tortella, Jussara Cristina Barboza
???metadata.dc.description.resumo???: O presente estudo é uma pesquisa participante do tipo intervenção, que conta com alunos de ciclo de alfabetização concluído, sem, no entanto, estarem alfabetizados. A música foi assumida como eixo norteador do trabalho. Participaram alunos do 4º ano do Ensino Fundamental, indicados pela equipe gestora de uma escola estadual do município de Campinas (SP). O objetivo principal é investigar de que maneira a música pode contribuir para o desenvolvimento de conhecimentos específicos sobre a linguagem escrita em alunos do 4º ano do Ensino Fundamental que apresentavam defasagens importantes no processo de alfabetização, visando potencializá-lo. Para tal, delinearam-se os seguintes objetivos específicos: (i) conhecer o tipo de trabalho vivenciado pelos alunos na escola em relação à linguagem escrita; (ii) identificar, por meio das ações que os alunos participantes da pesquisa têm em sala de aula, suas dificuldades em relação à apropriação da linguagem escrita; (iii) promover experiências com atividades de alfabetização que envolvam a música; (iv) analisar, à luz da teoria histórico-cultural, os processos interpsicológicos e intrapsicológicos que evidenciam movimentos de mudanças nos alunos. Os procedimentos metodológicos utilizados foram: registro em diário de campo das observações participantes nas salas de aula; audiogravação de entrevistas com coordenação e corpo docente; audiogravação de conversas com discentes envolvidos; análise documental de cadernos de produção escrita dos alunos. Os procedimentos realizaram-se antes do início e após o período em que os encontros de intervenção ocorreram – ao todo 22 encontros com sete alunos de 4º ano durante o segundo semestre de 2016, registrados por videogravação e seguidos de transcrição literal. Teve como base o referencial teórico histórico-cultural de Vigotski em diálogo com a perspectiva discursiva de alfabetização. A análise de dados foi feita por núcleos temáticos criados a partir da similaridade que o material empírico apresentava entre si. Dois núcleos foram criados: a música como recurso pedagógico, que envolveu a exploração de aspectos específicos da língua; e a música como linguagem, que envolveu a exploração do aspecto discursivo da canção. A pesquisa apresentou, para o campo educacional, cenário favorável à reflexão de um trabalho com a linguagem escrita, visando o desenvolvimento dos alunos, a ampliação de suas competências linguísticas e a contribuição para discussões sobre formação de professores e práticas pedagógicas de alfabetização. Concluiu-se que a música, como linguagem e recurso mediador, pode ser aliada no envolvimento dos alunos com a cultura escrita, aproximando-os do mundo letrado e promovendo sua compreensão.
Abstract: The present research is an intervention-type participatory research focused on students with completed literacy cycle, without, however, being literate. The choice was to take on music as a guiding axis for the work to be developed. During the process, fourth grade students from an elementary state school in Campinas (SP) participated in this research, indicated by its managing team. The main objective of the research was to investigate how can music contribute to the development of specific knowledge about written language, in fourth grade students from elementary school, which presented important literacy lags, in order to enhance their literacy process. Considering this, the following specific objectives were outlined: (i) to meet the kind of work that students experience at school, regarding written language; (ii) to identify, through actions that students participating in the research have in the classroom, their difficulties regarding the appropriation of written language; (iii) to promote experiences with literacy activities involving music; (iv) to examine, in the light of historical-cultural theory, the interpsychological and intrapsychological processes that can highlight changes in students. For this, the methodological procedures used were: registering field observations of participants in classrooms; recorded interviews with faculty and coordination; recorded interviews of conversations with students; documentary analysis of students' written production through their notebooks. All procedures were performed before the beginning and after the period in which all intervention meetings occurred – in sum, twenty-two meetings were held with seven students who attended the fourth grade of elementary school, during the second semester of 2016, recorded by video camera recorders and followed by literal transcription. This research was based on the theoretical framework of Vygotsky's cultural-historical dialogue with the discursive perspective of literacy. The data analysis was done by thematic nuclei created from the similarity from which the empirical material was presented to each other. Two cores were created: music as an educational resource, which involved exploiting specific aspects of language; and music as language, which involved exploring the discourse aspect of the song. The research presented a favorable scenario to the educational field by reflecting how teachers work with written language, aiming student’s development, expanding their language skills and contributing on discussions of teachers’ formation and pedagogical practices of literacy. It is concluded that music as a form of language and mediating instrument can be a strong ally to engage students with written culture, approaching children of the literate world and promoting, with this approach, a greater understanding of its process.
Keywords: Alfabetização; Música; Letramento; Mediação Pedagógica
Reading-Writing Process; Music; Literacy; Pedagogic Mediation
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCHSA – Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: Forner, Vivian Annicchini. Linguagem escrita e música: possibilidades para o processo de alfabetização. 2018. 211p. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas-SP.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1114
Issue Date: 22-Feb-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VIVIAN ANNICCHINI FORNER.pdf4.25 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.