???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1139
???metadata.dc.type???: Tese
Title: O efeito do controle de stress no resultado da gravidez
???metadata.dc.creator???: Torrezan, Eliana Aparecida
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Lipp, Marilda Emmanuel Novaes
???metadata.dc.description.resumo???: Este estudo objetivou investigar o efeito do treino de controle de stress (TCS) no resultado da gravidez. Participaram 30 gestantes, em três grupos de dez cada, no pré-parto. A testagem inicial avaliou o stress, as estratégias de enfrentamento e os estressores, como características do Tipo. A de comportamento, crenças irracionais e fontes estressoras gestacionais. O TCS foi realizado no pré-parto com o grupo experimental (GCS). Um grupo controle (GP) assistiu a um programa de palestras variadas que não abordou aspectos psicológicos e o outro grupo controle (GPT), o de passsagem do tempo, não sofreu qualquer intervenção. A avaliação pós-parto contou com a participação de 25 parturientes, e os instrumentos avaliaram o stress, os dados referentes ao RN e as respostas emitidas pelas mães quanto aos sentimentos durante as contrações uterinas, no parto, ao ver o filho e na primeira amamentação. Os resultados mostraram que 100% das gestantes se encontravam na fase de resistência do stress no pré-parto, sendo os sintomas psicológicos os mais detectados. Os estressores gestacionais foram os mais mencionados. As gestantes estavam utilizando-se de um número insuficiente de estratégias para controlarem as fontes de stress no pré-parto. O GCS apresentou wna redução significativa do stress no pós-parto, quando comparado com GP e GPT. As participantes do GCS diminuíram a sintomatologia do stress após o parto e manifestaram menos tensão durante as contrações uterinas. Verificou-se que mais mulheres do GCS foram acompanhadas ao hospital, para o parto, pelos maridos, sugerindo um envolvimento maior destes com a gravidez. As emoções manifestadas pelas mães ao verem seus filhos e no momento da amamenatação sugeriram sentimento de felicidade. Somente três RNs (GP e GPT) nasceram prematuramente e um nasceu com baixo peso (GCS). Os dados dos RNs indicaram condições de nascimento satisfatórias. Conclui-se que o TCS influenciou na redução do stress após o parto e nas dores advindas das contrações uterinas no GCS. Recomenda-se que programas de controle de stress profiláticos e de tratamento sejam usados com gestantes.
Keywords: Stress
Gravidez
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: Torrezan, Eliana Aparecida. O efeito do controle de stress no resultado da gravidez. 1999. 239f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1139
Issue Date: 1999
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Eliana Aparecida Torrezan.pdf13.26 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.