???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1155
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: A experiência de profissionais de um CREAS em relação ao atendimento a mulheres em situação de violência
Other Titles: The experience of professionals from a CREAS in regard to providing care to women in situation of violence
???metadata.dc.creator???: Incerpe, Patrícia Regina Bueno
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Cury, Vera Engler
???metadata.dc.description.resumo???: Esta pesquisa objetivou compreender a experiência de profissionais que atendem mulheres em situação de violência em um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). O CREAS é uma unidade pública gerada a partir das diretrizes da Política Nacional de Assistência Social (PNAS) e abrange a Proteção Social Especial (PSE) de Média Complexidade, oferecendo atendimento a famílias e indivíduos que se encontram em situação de risco pessoal ou social por ameaça ou violação de direitos, incluindo mulheres em situação de violência. Consistiu-se em uma pesquisa qualitativa de natureza fenomenológica embasada nos princípios formulados pelo filósofo alemão Edmund Husserl. A pesquisadora realizou encontros dialógicos individuais com seis participantes que incluíram psicólogas e assistentes sociais, todas mulheres. Os encontros foram iniciados com uma questão norteadora relacionada ao tema da pesquisa de forma a possibilitar às participantes discorrer livremente sobre suas próprias experiências. Após cada encontro, a pesquisadora construiu uma narrativa compreensiva a partir das suas impressões sobre a experiência da participante. Concluída esta etapa, foi elaborada uma narrativa síntese contendo os elementos significativos da experiência como um todo, a fim de se aproximar da estrutura essencial do fenômeno. Os elementos constituintes da experiência em pauta foram os seguintes: (1) as participantes percebem que alguns profissionais da rede de atenção à mulher reproduzem atitudes preconceituosas que contribuem para a vitimização das usuárias; (2) as participantes não se percebem como protagonistas nas tomadas de decisão por parte da instituição e, em decorrência, sentem-se frustradas e impotentes; (3) as participantes desenvolvem atitudes de empatia e identificam-se pessoalmente com as histórias vividas pelas mulheres em situação de violência e (4) nos atendimentos às mulheres, as participantes sentem-se solitárias em função da rede de atendimento não se mostrar efetiva na prática; apesar disto valorizam o trabalho que desenvolvem. Concluindo, ressalta-se a importância de estudos interdisciplinares que busquem compreender a experiência de profissionais, usuárias e autores de violência, no cotidiano das diversas instituições que compõem a rede de assistência à mulher em situação de violência de forma a possibilitar a superação dos problemas apontados nesta pesquisa e o aperfeiçoamento das políticas públicas.
Abstract: This research aimed to understand the experience of professionals who care for women who are victims of violence at a Social Assistance Specialized Reference Center (CREAS). CREAS is a public unity created based on the guidelines of the National Policy of Social Assistance (PNAS) and covers Special Social Protection (PSE) of Medium Complexity, offering care to families and individuals who find themselves in situations of personal or social risk through the threats or violation of rights, including women in situations of violence. This was a qualitative research of phenomenological nature based on the principles formulated by the German philosopher Edmund Husserl. The researcher carried out individual dialogic encounters with six participants including female psychologists and social workers. Each encounter started with a guiding question related to the research’s theme to enable the participants to speak freely about their experiences. After each encounter, the researcher constructed a comprehensive narrative from her impressions of the participant’s experience. After this stage, a synthesis narrative was elaborated containing the meaningful elements of the experience as a whole in order to get closer to the essential structure of the phenomenon. The constituting elements of the experience were as follow: (1) the participants realized that some professionals at the network of women care reproduce prejudiced attitudes, contributing to the victimization of patients; (2) the participants do not see themselves as protagonists in the institution’s decisionmaking, which leads to feelings of frustration and powerlessness; (3) the participants develop attitudes of empathy and identify personally with the stories of these women in situation of violence and (4) during their meetings with these women, participants feel lonely due to the fact that the care network proves itself ineffective in real life – still, they value the work they do. In summary, there is a great need for interdisciplinary studies that aim to understand the experience of professionals, patients, and perpetrators of violence in the daily routine of the several institutions that compose the network of assistance to women in situation of violence so to make it possible to overcome the problems pointed out in this research and improve public policies.
Keywords: violência contra mulher
psicólogos
assistentes sociais
narrativas
fenomenologia
violence against women
psychologists
social workers
narratives
phenomenology
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: Incerpe, Patrícia Regina Bueno. A experiência de profissionais de um CREAS em relação ao atendimento a mulheres em situação de violência. 2018. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1155
Issue Date: 30-Oct-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Patrícia Regina Bueno Incerpe.pdf1.72 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.