???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/121
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Estado atual dos empreendimentos habitacionais no centro de São Paulo (2000 a 2012)
???metadata.dc.creator???: Bianchini, Ligya Hrycylo 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Schicchi, Maria Cristina da Silva
???metadata.dc.contributor.referee1???: Moreira, Tomas Antonio
???metadata.dc.contributor.referee2???: Negrelos, Eulalia Portela
???metadata.dc.description.resumo???: Impulsionado pela economia cafeeira, o centro da cidade de São Paulo adquiriu o caráter de centralidade já nas primeiras décadas do século XX. Iniciada a ocupação das áreas centrais pelo comércio e os serviços, a expansão da cidade se deu de forma rápida e desordenada, com a ocupação de áreas de várzeas e encostas por sub-habitações, desprezadas pela população de maior poder aquisitivo, dando início a um processo de segregação social. Por outro lado, a intensidade das atividades nas cidades atraiu uma população vinda do campo, a partir da abertura de novas frentes de trabalho, num período em que a produção industrial ganhou força. Essa população, em grande parte formada por imigrantes e sem poder aquisitivo para se tornar proprietária ou alugar um imóvel próximo ao emprego, teve que recorrer aos cortiços como única forma de se fixar na cidade. Porém, a partir da década de 1970, o centro começou a apresentar um decréscimo de população residente, graças ao deslocamento das atividades financeiras para novas centralidades, acompanhado da formação de novos bairros residenciais de classes de maior renda, deixando um grande número de edifícios vazios ou subutilizados. Num primeiro momento, o estudo procurou compreender o estado atual da habitação no centro de São Paulo, de forma ampla, mapeando e sistematizando dados sobre as iniciativas públicas e privadas voltadas para o incremento de novas habitações ou reabilitações no centro (entendido como centro histórico e expandido). Em seguida o estudo ganha um cunho mais analítico, visando mostrar se de fato está em curso uma política habitacional com a perspectiva de reabilitação urbana do centro de São Paulo. Esta etapa buscou também compreender o alcance social destes empreendimentos. Para tal, revisou-se a literatura atual sobre a questão habitacional em áreas centrais e analisou-se a natureza dos planos, programas e projetos propostos nos últimos dez anos na cidade de São Paulo.
Abstract: Driven by the coffee economy, the center of Sao Paulo city acquired the character of centrality within the first decades of the twentieth century. Initiated the occupation of the central areas by trade and services, the expansion of the city were developed quickly and disordered, with occupancy of flood plains and hillsides, by sub-housing, despised by the population with higher purchasing power, initiating a process of social segregation. On the other hand, the intensity of activity in the cities attracted a population coming from Field, from the opening of new work fronts, in a period that industrial production gained strength. This population, largely formed by immigrants and no buying power to becoming the owner or renting a property near the job, had to resort to tenements as the only way to setting residence in the city. However, from the 1970s, the center began to show a decrease of resident population, thanks to to displacement of the financial activities for new centers, accompanied by the formation of new residential neighborhoods of higher income classes, leaving a large number of empty or underused buildings. In a first moment, the study sought to understand the current state of housing in downtown Sao Paulo, in a broad way, mapping and systematizing data on public and private initiatives aimed at increasing new housing or rehabilitation in downtown (understood as historical center and expanded). Then the study will gain interplay more analytical, order to show whether in fact there is an ongoing housing policy with the prospect of urban regeneration of downtown Sao Paulo. This stage also sought to understand the social reach of these endeavors. For such, has revised to the current literature on the housing issue in central areas and analyzed the nature of the plans, programs and projects proposed in the last ten years in the city of São Paulo.
Keywords: gestão urbana
habitação
reabilitação urbana
São Paulo
centro histórico
política urbana
urban management
housing
urban rehabilitation
São Paulo
historical downtown
urban policy
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CEATEC – Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologias
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: BIANCHINI, Ligya Hrycylo. Estado atual dos empreendimentos habitacionais no centro de São Paulo (2000 a 2012). 2014. 193 p. Dissertação (Mestrado em Urbanismo) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2014.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/121
Issue Date: 12-Feb-2014
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo - Mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
LIGYA HRYCYLO BIANCHINI 1-100.pdf2.13 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.