???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1237
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Educação popular no contexto brasileiro: percepções dos representantes de movimentos sociais sobre o Marco de Referência da Educação Popular para as Políticas Públicas
Other Titles: Popular education in the Brazilian context: perceptions of representatives of social movements about the Framework of Reference of Popular Education for Public Policies (Marco de Referência da Educação Popular para as Políticas Públicas)
???metadata.dc.creator???: Freire, Ana Clara 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Mendonça, Samuel
???metadata.dc.contributor.referee1???: Eggert, Edla
???metadata.dc.contributor.referee2???: Rios, Monica Piccione Gomes
???metadata.dc.description.resumo???: O Brasil, assim como os demais países latinos, tem diversos movimentos sociais, que se ocupam com a construção da educação popular nas regiões de vulnerabilidade e de conflito. Em 2014, foi criado o Marco de Referência da Educação Popular para as Políticas Públicas, documento federal resultado da demanda de alguns movimentos sociais, universidades e educadores. Este trabalho tem como objetivo geral, portanto, compreender o que pensam os representantes de movimentos sociais sobre o Marco de Referência da Educação Popular para as Políticas Públicas. Para isso, foram utilizadas algumas concepções de educação popular, sendo uma delas a proposta por Simón Rodríguez, educador venezuelano vivido entre os séculos XVIII e XIX. Este trabalho se utilizou da pesquisa empírica, por meio de entrevistas semiestruturadas com representantes da sociedade civil e universidades responsáveis pela criação do Marco de Referência da Educação Popular para as Políticas Públicas. A pergunta da pesquisa, portanto, é: o que pensam os representantes de movimentos sociais sobre o Marco de Referência da Educação Popular para as Políticas Públicas? Os resultados consistem na afirmação de que ao ser integrada em ambientes institucionais, a educação popular não perde sua identidade, visto que são incorporados apenas valores, os quais são importantes para a criação de uma sociedade mais igualitária. Outrossim, os trabalhos de base são os que, de fato, caracterizam e sustentam a educação popular.
Abstract: Brazil, as well as the other Latin American countries, has several social movements, which are engaged in the construction of popular education in regions of vulnerability and conflict. In 2014, the Framework of Reference of Popular Education for Public Policies (Marco de Referência da Educação Popular para as Políticas Públicas) was created, a federal document which is the result of the demand of some social movements, universities and educators. The overall aim of this paper is to understand what the representatives of social movements think of the Framework of Reference of Popular Education for Public Policies. For this purpose, some conceptions of popular education were used. One of them is presented by Simón Rodríguez, a Venezuelan educator who lived from the eighteenth to the nineteenth century. This paper was based on empirical research by means of semi-structured interviews with representatives of civil society and universities responsible for creating the Framework of Reference of Popular Education for Public Policies. Therefore, the research question is: what do the representatives of social movements think of the Framework of Reference of Popular Education for Public Policies? The results consist in the affirmation that, when integrated in institutional environments, popular education does not lose its identity, since only values are incorporated, which are important for the creation of a more equal society. Furthermore, grassroots organizing is what, in fact, characterizes and supports popular education.
Keywords: Simón Rodríguez. Soberania popular. Sociedade civil. Políticas educacionais.
Simón Rodríguez. Popular sovereignty. Civil society. Educational policies.
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCHSA – Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: Freire, Ana Clara. Educação popular no contexto brasileiro: percepções dos representantes de movimentos sociais sobre o Marco de Referência da Educação Popular para as Políticas Públicas. 2019. 115f. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas-SP.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1237
Issue Date: 22-Feb-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANA CLARA FREIRE.pdf1.25 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.