???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/126
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Territórios de civilidade: o papel das Mogis na formação e reestruturação do leste paulista, século XVII-XIX
Other Titles: Civility Territories: Mogis s function on the formation and restructuring of the eastern São Paulo State, 17th-19th century
???metadata.dc.creator???: Polito, Jéssica de Almeida 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Costa, Luiz Augusto Maia
???metadata.dc.contributor.referee1???: Bueno, Beatriz Piccolotto Siqueira
???metadata.dc.contributor.referee2???: Salgado, Ivone
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho faz uma análise histórica sobre o processo de formação e reestruturação do leste paulista, entre os séculos XVII e XIX, a partir da identificação de algumas das redes urbanas e sociais que se estabeleceram em função das questões econômicas, políticas, administrativas e tecnológicas pertinentes ao período. Nesse sentido, detemonos à análise dos dois primeiros núcleos formados e fundados nessa região: Mogi Guaçu e Mogi Mirim, os quais atuaram como conexões oficializadas dessa rede, além de fronteira e zona de contato entre o território civilizado paulista aquele já conhecido, mapeado e onde a Igreja se fazia presente e o sertão a porção de terra apartada do mar e pouco conhecida. Buscamos mostrar como o binômio das Mogis atuou como um epicentro propulsor de urbanidade para o referido sertão através de tal rede urbana que se formou e se tornou gradativamente mais ampla e complexa. A análise atenta para as fontes documentais oficiais buscando, através delas, esclarecer o contexto regional de disputas territoriais e sociais, hierarquização e fiscalização do território, bem como os impactos da mineração e da lavoura de cana de açúcar na construção do imaginário urbano e as influências de cada um desses temas no próprio tecido urbano das Mogis. Dessa forma, esta pesquisa buscou ressaltar a relação dialética existente entre território e tecido urbano, bem como atentar para o fato de que no Brasil Colonial também houve momentos em que o controle, fiscalização e hierarquização do território não se deram unicamente em função da atuação da Igreja Católica, sendo possível Governo e Igreja correr paralelamente pelo domínio e hierarquização dessas terras. Frente aos dados levantados, relativizamos também as informações contidas nos relatos elaborados pelos viajantes estrangeiros do século XIX. Procuramos demonstrar que no leste paulista ocorreu os reflexos de vários momentos emblemáticos para o Brasil e São Paulo, contrapondo-se à visão desses viajantes de que o sertão era uma área desinformada, desconhecida, carente de informações e habitada por pessoas brutas e ignorantes .
Abstract: This paper makes a historical analysis about the formation and restructuring process of the eastern São Paulo State, from 17th to the 19th century, by the identification of some networks urban and social that were established because of the economic, political, administrative and technological relevant issues for that period. In this regard, we analyzed only the first two formed and founded nucleus on this region: Mogi Guaçu and Mogi Mirim , which were official connections for this network, frontier and contact zone between São Paulo s civilized territory the one known, mapped and where the catholic church made itself present and the sertão (backcountry) - the territory far away from the sea or a little known area. We will show how the Mogis Binomial worked as a propellant epicenter of urbanity for the sertão (backcountry) through the urban network that had gradually been forming and becoming larger and complex. The careful analysis to the official documents aiming to, through them, clarify the regional context of land and social disputes, ranking and land control, as well as the and sugarcane plantation impacts on the urban imaginary formation and the influences of each one of these items on the Mogis Urban Network. Therefore, this paper attempted to highlight the dialectical relation between the territory and urban layout, as well as alert for the fact that in the Colonial Brazil, there were also moments in which the control, supervision and land ranking weren t made only by the Catholic Church, sometimes it was possible for the Government and the Church to be responsible for the domain and ranking of these lands. Over collected data, we also relativized the information accounted by Foreign Travelers during the 19th century. We sought to demonstrate that a lot of Brazilian emblematic moments reflected in the Eastern São Paulo State, contrasting to the travelers view that the sertão (backcountry) was an uninformed, unknown, lacking information area, and inhabited by rude and ignorant people .
Keywords: Mogi Mirim e Mogi Guaçu
Leste paulista
Rede urbana
Relatos de viajantes
Cultura urbana
Mogi Mirim and Mogi Guaçu
Eastern São Paulo State
Urban Network
Foreign Travelers accounts
Urban Culture
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CEATEC – Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologias
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: POLITO, Jéssica de Almeida. Territórios de civilidade: o papel das Mogis na formação e reestruturação do leste paulista, século XVII-XIX. 2013. 256 p. Dissertação (Mestrado em Urbanismo) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2013.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/126
Issue Date: 16-Dec-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo - Mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
Jessica de Almeida Polito.pdf4.42 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.