???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1391
???metadata.dc.type???: Tese
Title: São Luiz do Paraitinga: a construção de imaginários e os desígnios pós-tombamentos
???metadata.dc.creator???: Allucci, Renata Rendelucci 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Schicchi, Maria Cristina da Silva
???metadata.dc.contributor.referee1???: Pereira, Renata Baesso
???metadata.dc.contributor.referee2???: Farah, Ana Paula
???metadata.dc.contributor.referee3???: Nascimento, Flávia Brito do
???metadata.dc.contributor.referee4???: Atique, Fernando
???metadata.dc.description.resumo???: As histórias sobre a fundação e a urbanização da cidade paulista de São Luiz do Paraitinga, que se relacionam com a administração do Morgado de Mateus na Capitania de São Paulo, representam o início da utilização de um imaginário fundacional como base para a atribuição de seu valor patrimonial. Esse imaginário fundacional, estabelecido por estudos acadêmicos e pesquisas sobre a cidade, vem servindo de alicerce e justificativa para os sucessivos processos de tombamento pelos órgãos de preservação estadual e federal, somando-se a ele, posteriormente, outros imaginários urbanos. Não obstante sua localização no Vale do Paraíba, a influência da cultura do café sobre o desenvolvimento urbano da cidade foi relativa, pois não promoveu a mesma riqueza que em outras cidades da região. A dificuldade de acesso, entre outros motivos, contribuiu para inibir o desenvolvimento econômico de São Luiz do Paraitinga que, para se promover, encontrou opções na valorização do patrimônio cultural e na vocação para o turismo. Uma inesperada enchente, ocorrida em 2010, destruiu parte de seu patrimônio arquitetônico, e a situação trouxe à tona reflexões sobre a utilização das tradições e das memórias como suportes para reconstruir física e moralmente a cidade, no intuito de manter as identidades conquistadas. Também foi o momento em que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), com a finalidade de salvaguardar as edificações e reconstruir aquelas que se perderam com a enchente, utilizou o instrumento do tombamento, formalizando sua inscrição como Conjunto Histórico e Paisagístico. Este percurso singular da história da cidade permite que se discuta a efetividade desse tombamento frente aos contrastes socioculturais e econômicos existentes entre o Centro Histórico e outros bairros da cidade, pois o instrumento não atuou sobre a preservação da paisagem como um todo, no sentido de uma gestão integrada da cidade, o que contribui para a segregação dos espaços.
Abstract: The stories about the foundation and urbanization of São Luiz do Paraitinga, a city in the state of São Paulo, which relate to the administration of Morgado de Mateus in the Captaincy of São Paulo, represent the beginning of the use of a foundational imaginary as the basis for attributing its heritage value. That foundational imaginary, established by academic studies and research on the city, has been serving as bases and justification for the successive processes aimed to declare it a historical heritage by the state and federal preservation agencies, adding to it, later, other urban imaginary. Despite its location in the Paraíba Valley, the influence of coffee culture on the urban development of the city was relative, as it did not promote the same wealth as in other cities in the region. The difficult access, among other reasons, contributed to inhibit the economic development of São Luiz do Paraitinga which, to promote itself, found options in the valorisation of the cultural heritage and in the vocation for tourism. An unexpected flood in 2010 destroyed part of its architectural heritage, and the situation brought up reflections on the use of traditions and memories as supports to rebuild the city physically and morally, in order to maintain the identities conquered. It was also the moment when the Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), to safeguard buildings and rebuild those that were lost due to the flood, used the heritage declaration, formalizing its registration as a Historic and Landscape Heritage. This unique path in the history of the city allows us to discuss the effectiveness of this declaration in the face of the socio-cultural and economic contrasts between the Historic Center and other neighborhoods in the city, as the instrument did not act on the preservation of the landscape as a whole, in the sense of an integrated city management, which contributes to the segregation of spaces.
Keywords: São Luiz do Paraitinga; Conjunto Histórico e Paisagístico; tombamento; gestão urbana; história urbana
São Luiz do Paraitinga; Historic and Landscape Heritage; Heritage Declaration; Urban Management; Urban History
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CEATEC – Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologias
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: Allucci, Renata Rendelucci. São Luiz do Paraitinga: a construção de imaginários e os desígnios pós-tombamentos. 2020. 342f. Tese( Programa de Pós-Graduação em Urbanismo) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas-SP.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/1391
Issue Date: 1-Jun-2020
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo - Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RENATA RENDELUCCI ALLUCCI.pdf25.55 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.