???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/176
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Análise comportamental em depressivos
Other Titles: Behavior analysis in depressive
???metadata.dc.creator???: Campos, Ana Paula Azevedo 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Laloni, Diana Tosello
???metadata.dc.contributor.referee1???: Figueiredo, Gabriel Roberto
???metadata.dc.contributor.referee2???: Banaco, Roberto Alves
???metadata.dc.description.resumo???: O transtorno depressivo é um dos mais freqüentes e incapacitantes problemas da atualidade, e é considerado um dos grandes motivos pela busca de serviços de saúde em todo o mundo. Caracteriza-se por humor triste, melancolia, choro fácil, apatia, tédio, aborrecimento crônico, irritabilidade aumentada, ansiedade, angústia, desespero, desesperança, fadiga, cansaço, desânimo, diminuição da vontade, entre outros sintomas. Do ponto de vista da Análise do Comportamento, a depressão deve ser compreendida a partir da análise das contingências que a mantêm, visto que são nas relações com o ambiente externo que devem ser buscadas as explicações para o comportamento. Seguindo a perspectiva de que um comportamento deve ser estudado nos termos da sua função, a depressão poderia ser entendida como classes de respostas selecionadas e desenvolvidas ao longo da vida do indivíduo a partir de suas interações com o meio. O objetivo do presente trabalho foi identificar relações funcionais no relato verbal de cinco pessoas com diagnóstico de depressão. Optou-se analisar os comportamentos de maior freqüência em cada participante, e para a seleção dos comportamentos utilizou-se o Inventário de Depressão de Beck, entrevistas clínicas e auto-observação. Após a seleção dos comportamentos foram feitas outras entrevistas clínicas objetivando coletar dados sobre a função dos comportamentos de maior freqüência e informações sobre a história de vida em cada participante. A análise dos dados foi feita enfatizando-se os processos de análise do comportamento que poderiam estar relacionados ao comportamento analisado. Os resultados apontaram processos funcionais parecidos em todos os participantes. As contingências envolvidas no comportamento de maior freqüência em cada um foram de reforçamento negativo e, logo, tiveram função de esquiva de situações aversivas. Na investigação da história de vida relacionada ao comportamento de maior freqüência, foram encontrados aspectos de aprendizagem do comportamento e de reforçamento negativo, como freqüentes situações de esquivas, baixa incidência de reforçamento positivo, punições freqüentes na infância e adolescência e perda de reforçadores positivos. Conclui-se que a análise das contingências envolvidas no comportamento de maior freqüência e a investigação das relações estabelecidas na história de vida nesses participantes foram um método adequado para obter dados a respeito da depressão, além de fornecer informações sobre a interação desses sujeitos com seu ambiente. Dessa maneira, investigações como a apresentada auxiliam para uma avaliação mais precisa de cada caso, contribuindo para uma intervenção clínica mais adequada.
Abstract: Depressive Disorder is one of the most frequent problems that cause incapability nowadays. It is considerated one of the great reasons that take people to search health care assistance in the world. Its symptoms are sad humor, melancholy, cry, apathy, tedium, chronic dislike, angry increase, anxiety, despair, fatigue, tiredness, less wish, beyond other symptoms. From the point of view of behavior analysis, depression must be understood by analyzing the contingencies that sustain the behavior because the main reasons that explain the behavior must be searched in people relations with the external environment. Looking by the perspective that a behavior must be studied in terms of its function, depression could be understood as responses classifications selected and developed during the person´s life considering the interaction with the environment that the person was exposed. The purpose of this present study was to identify functional relations among the verbal report of five people with depression diagnosis. It was chosen to do the analysis of the most frequent behavior in each participant. The methodologies used for the selection of the behavior were Beck´s Depression Inventory (BDI), clinic interviews and self-observation. After the selection of the behavior, additional interviews were included in order to collect information about the function of the behaviors and about the life history of each participant. The results showed similar functional processes in all participants. The contingences involved in the most frequent behavior in each one were about negative reinforcement and as a result, it was observed avoidance behavior under an aversive stimulation. In the investigation of their life history related with the most frequent behavior, were detected learning aspects of the behavior and negative reinforcement such as frequent situations of avoidance, low incidence of positive reinforcement, frequent punishment situations in childhood and adolescence and lack of positive reinforcements. It was concluded that the contingences involved in the most frequent behavior and the investigation of the relationships during the life history of these participants were adequate methods to obtain data regarding to depression. In addition, it gives information about the interaction of these people with their environment. Therefore, investigations like this study could support a more specific assessment in each case, contributing for a better treatment.
Keywords: depressão
análise do comportamento
análise funcional
depressive disorder
behavior analysis
functional analysis
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: CAMPOS, Ana Paula Azevedo. Análise comportamental em depressivos. 2007. 126 p. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2007.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/176
Issue Date: 14-Feb-2007
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ana Paula Azevedo1.pdf409.14 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.