???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/267
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Histórias de trabalho e outras histórias no trecho
???metadata.dc.creator???: Büll, Sandra 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Bernardo, Márcia Hespanhol
???metadata.dc.contributor.referee1???: Sato, Leny
???metadata.dc.contributor.referee2???: Guanais, Maria Adelina Biondi
???metadata.dc.description.resumo???: A presente pesquisa, situada na linha de Pesquisa Prevenção e Intervenção Psicológica do Programa de Pós-graduação Stricto Senso da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, objetivou compreender como a categoria trabalho se apresenta a quem tem na rua seu principal suporte de subsistência e mantém-se em um caminhar constante de cidade em cidade, sobrevivendo por meio de atividades socialmente desqualificadas, próprias ao universo das ruas, com especial enfoque nos trecheiros , categoria de pessoas em situação de rua conhecida por permanecer em um caminhar constante de trecho em trecho . O estudo foi desenvolvido ao longo de seis meses por meio de Etnografia, em praças e locais públicos de circulação em um município do interior paulista. Os dados foram posteriormente analisados sob a luz da Psicologia Social. Foi possível concluir que existe uma ampla gama de pessoas que, apesar de situarem-se em uma mesma faixa econômica, possuem perfis culturalmente distintos bem como diferem substancialmente quanto aos modos de vivenciar a errância constante pelas cidades e o (não) fazer uso das políticas de assistência social ofertadas a quem vive nas ruas. Foi possível ainda concluir que o trabalho apresenta-se a elas como uma categoria constitutiva de sua subjetividade, pois afirmam-se como trabalhadoras no intuito de afirmarem-se como honestas e socialmente relevantes .O trabalho é além disso uma atividade diária de manutenção da sobrevivência sem a pretensão de, por meio dele, acumular capital e coisas materiais e sim prover o necessário para o dia de sustento, situação que leva tal categoria populacional a uma instabilidade constante e grande vulnerabilidade uma vez que fica totalmente descoberta por qualquer tipo de rede de seguridade social que possa lhe valer em caso de impossibilidade de trabalhar, momentânea ou não.
Abstract: The present research, located in the Pontificia Universidade Católica de Campinas Psychological Prevention and Intervention line of research in the Post-graduation stricto senso program, aims to understand how the work category presents itself to those who have the streets as their main subsistence means and constantly wander from town to town surviving through socially disqualified activities, typical of the streets universe, with a special focus on the trecheiros , a category that describes the street population known to wander constantly from place to place. This study was developed throughout six months by means of Ethnography, in parks and public circulation places in the state of São Paulo. The data was collected and later analyzed using Social Psychology It was possible to conclude that there is a wide range of people who, despite occupying the same economical condition, have culturally distinct profiles as well as substantially different means of experiencing the constant wandering through towns and the (non) use of social welfare offered by the state to those who live in the streets. It was also possible to conclude that work presents itself to them as a category constitutive of their subjectivity, given that they call themselves workers in order to state their honesty and social relevance. Work is also a daily activity of survival maintenance without the pretention to accumulate capital or material possession, but to provide the necessary for one day only, situation that leads such category to a constant instability and great vulnerability, given that they are not covered by the welfare social net useful in case there is an impossibility to work, momentarily or not .
Keywords: psicologia social
pessoas em situação de rua
trecheiros trabalho
social psychology
street population
trecheiros - work
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: BÜLL, Sandra. Histórias de trabalho e outras histórias no trecho. 2010. 132 p. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2010.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/267
Issue Date: 9-Dec-2010
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sandra Bull.pdf1 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.