???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/320
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: A experiência de profissionais da saúde no cuidado a pacientes em ambulatório de quimioterapia
Other Titles: The experience of health professionals in the care of patients in outpatient chemotherapy
???metadata.dc.creator???: Oliveira, Andreia Elisa Garcia de 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Cury, Vera Engler
???metadata.dc.contributor.referee1???: Vaisberg, Tania Maria Jose Aiello
???metadata.dc.contributor.referee2???: Santos, Manoel Antonio dos
???metadata.dc.description.resumo???: Esta pesquisa buscou apreender a experiência de cuidar de pacientes oncológicos a partir do relato de profissionais da saúde que atuam em um ambulatório de quimioterapia de um hospital universitário do Estado de São Paulo. Foi desenvolvida como uma pesquisa qualitativa, exploratória e de inspiração fenomenológica. A pesquisadora realizou encontros dialógicos individuais com nove profissionais da saúde: médicos, psicólogo, farmacêutico, enfermeiro, terapeutas ocupacionais, assistente social e técnico de enfermagem. Ao término de cada encontro, foram redigidas narrativas nas quais se registrou o que foi relatado pelo participante acrescido das impressões da pesquisadora. O processo de construção das narrativas incluiu diversas versões objetivando apreender os principais elementos envolvidos na experiência dos participantes. A análise deste material possibilitou concluir que a experiência de cuidado na área de oncologia é significada pelos profissionais como gratificante e enriquecedora, embora também envolva certa dose de sofrimento em função do desgaste físico e emocional a que ficam expostos. Os relatos dos participantes revelaram também dificuldades no exercício da prática profissional decorrentes: a) de uma formação acadêmica que não os preparou para lidar com a aproximação da morte dos pacientes, tampouco com a necessidade de comunicar informações sobre a evolução da doença; b) da falta de integração entre os membros da equipe; c) da jornada de trabalho exaustiva; d) da falta de tempo para dedicar-se a si mesmos; e) do sentimento de impotência quando o tratamento não é bem-sucedido. Apesar disso, os participantes esforçam-se para que o relacionamento com os pacientes não seja reduzido a uma dimensão puramente técnico-assistencial e demonstraram que se beneficiariam de uma intervenção comprometida em facilitar o vir à tona de suas experiências.
Abstract: This research aimed to grasp the experience of caring for cancer patients using accounts of health care professionals who work in a chemotherapy s outpatient unit of a university hospital in the State of São Paulo. It is an exploratory qualitative research, phenomenologically inspired. Individual dialogical encounters were carried out with nine health professionals: physicians, psychologist, pharmacist, nurses, occupational therapists, social worker and nursing technician. After each encounter, narratives were written, registering what was reported by the participant well as the researcher s impressions. The construction process of the narratives included various versions in order to grasp the main elements involved in the experience of the participants. The narrative s analysis made it possible to conclude that the experience of caring in Oncology is signified by the professionals as rewarding and enriching, although it also involves certain amount of suffering due to physical and emotional fatigue. The reports of the participants highlighted also difficulties arising in the course of professional practice due to: a) academic training that didn t prepare then to deal with the approaching death of patients, either with the need to communicate information about the evolution of the disease; b) the lack of integration between team members; c) of the exhaustive workday; d) the lack of time to devote to themselves; e) the feeling of powerlessness when the treatment is not successful. Nevertheless, participants strive for the relationship with patients is not reduced to a purely technical-assistance dimension and demonstrated that would benefit from an intervention committed to facilitate the coming out of their experiences.
Keywords: profissionais da saúde
experiência
oncologia
fenomenologia
narrativas
health professionals
experience
oncology
phenomenology
narratives
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: OLIVEIRA, Andreia Elisa Garcia de. A experiência de profissionais da saúde no cuidado a pacientes em ambulatório de quimioterapia. 2013. 157 p. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2013.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/320
Issue Date: 17-Dec-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
ANDREIA ELISA GARCIA DE OLIVEIRA.pdf1.66 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.