???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/344
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: A experiência de estagiários de fisioterapia no relacionamento com pacientes ambulatoriais
Other Titles: The experience of physical therapist interns in their relationship to patients in an outpatient clinic
???metadata.dc.creator???: Sousa, Nadini Brandão de 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Cury, Vera Engler
???metadata.dc.contributor.referee1???: Neri, Anita Liberalesso
???metadata.dc.contributor.referee2???: Granato, Tania Mara Marques
???metadata.dc.description.resumo???: Inspirada no modelo biomédico de saúde, a prática da fisioterapia possui características específicas no que se refere ao atendimento aos pacientes do ponto de vista psicológico. O contato físico e a frequência das sessões acarretam o desenvolvimento de um relacionamento interpessoal que esta pesquisa objetivou apreender fenomenologicamente a partir da experiência de alunos de uma faculdade de Fisioterapia. Foram realizados encontros individuais com oito graduandos que cursavam o sétimo, nono e décimo períodos do Curso com foco em suas atividades como estagiários no ambulatório de uma clínica universitária. Após cada um desses encontros, a pesquisadora construiu uma narrativa a partir de sua compreensão sobre os significados da experiência para o participante. Após concluir esta fase, elaborou uma narrativa-síntese contendo o conjunto de significados relatados pelos participantes a fim de interpretar o sentido da experiência como tal. Este processo de análise possibilitou concluir que os alunos empenham-se em oferecer um tratamento que inclua, além das técnicas, atitudes de respeito, cordialidade e acolhimento. Desenvolvem uma visão do paciente como pessoa e não apenas como caso clínico, embora tenham sido treinados para um desempenho técnico. Por outro lado, sentem-se angustiados ao se perceberem envolvidos emocionalmente, a despeito da intenção inicial de manterem uma postura estritamente profissional. Atender pessoas que apresentam problemas neurológicos, em especial aqueles que implicam progressiva degeneração, é significado pelos participantes como pouco gratificante, em função da impossibilidade de recuperação dos movimentos e da dificuldade de comunicação verbal. Consideram que os atendimentos possibilitam uma aprendizagem necessária e importante que promove amadurecimento psicológico com potencial transformador, tanto para a vida pessoal quanto profissional.
Abstract: Inspired by the biomedical health model, the practice of physical therapy has specific characteristics with regard to patient care. Physical contact between therapist and patient and the frequency of the assistance involves the development of a peculiar type of interpersonal relationship. This research aimed to grasp, phenomenologically, the experience of the physical therapy trainees regarding their relationship with outpatients at a university clinic. It is an exploratory qualitative research, phenomenologically inspired. Eight individual encounters were carried out with undergraduates who are in their seventh, ninth and tenth semesters. After each of the encounters, the researcher wrote a first-person narrative, based on her impressions of the meaning of the lived experience of the participants. A narrative synthesis was then developed in order to capture the meaning of the experience as such. The analysis made it possible to conclude that trainees strive to offer a treatment that includes, not only technique but also attitudes of respect, warmth and welcome. Caring for patients with neurological problems, especially those involving progressive degeneration, is signified by the interns as unrewarding since recovery is impossible and verbal communication is difficult. They also feel distressed, as they perceive themselves emotionally involved with the patients, despite the attempt to maintain a strictly professional approach. On the other hand, in a broad way, this relationship is referred to as an opportunity for new learnings and psychological maturity with a potential for growth both in personal and professional life.
Keywords: vivências de estagiários
relação fisioterapeuta-paciente
pesquisa fenomenológica
narrativa
atenção psicológica clínica em instituições
prevenção e intervenção psicológica
undergraduate trainees living experiences
physical therapist- patient relationship
phenomenological research
narrative
psychological care in institutions
psychological prevention and intervention
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: SOUSA, Nadini Brandão de. A experiência de estagiários de fisioterapia no relacionamento com pacientes ambulatoriais. 2015. 101 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/344
Issue Date: 11-Feb-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
NADINI BRANDAO DE SOUSA.pdf1.12 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.