???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/347
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: O poder de agir de trabalhadoras da assistência social no contexto neoliberal
Other Titles: The power to act of social assistence workers in the neoliberal context
???metadata.dc.creator???: Galbiatti, Fabiano 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Bernardo, Márcia Hespanhol
???metadata.dc.contributor.referee1???: Guanais, Maria Adelina Biondi
???metadata.dc.contributor.referee2???: Oliveira, Fábio de
???metadata.dc.description.resumo???: A presente dissertação, situada na linha de Pesquisa Prevenção e Intervenção Psicológica do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, busca investigar o poder de agir de trabalhadoras do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de um município do interior do estado de São Paulo. Para tanto, realizou-se um breve resgate histórico das políticas de assistência social, a fim de entender o atual cenário, marcado pelas reformas neoliberais. O estudo, de inspiração etnográfica, deu-se, basicamente, através de três etapas. Na primeira, o pesquisador acompanhou reuniões junto à equipe do CREAS. Para cada reunião foi desenvolvido um Diário de Campo. Na segunda, o pesquisador realizou entrevistas reflexivas com quatro trabalhadoras. Na terceira e última, realizou-se a interpretação, análise e discussão do material levantado nas etapas anteriores. Este processo revelou as constantes mudanças que o trabalho nesse serviço público sofre de acordo com as políticas de Assistência Social no município e sua relação com processos neoliberais mais amplos. Se, por um lado, apesar desse contexto, as trabalhadoras possuem relativa capacidade de também transformar e organizar suas atividades, atribuindo novos sentidos, coletivamente, por outro, observou-se que o desgaste mental está presente no seu cotidiano. Ele parece estar associado aos inúmeros impedimentos para a realização da atividade de trabalho colocados pela gestão, bem como pela carga de trabalho relacionada à natureza do atendimento a famílias que sofreram violações de seus direitos. Para lidar com essas situações, as trabalhadoras se valem mais de táticas individuais do que de uma organização coletiva.
Abstract: This dissertation, situated in the line of Research and Prevention Psychological Intervention from the Graduate Program stricto sensu of the Pontifical Catholic University of Campinas, intends to investigate the ―power to act‖ in workers of the Social Assistance Specialized Reference Center (CREAS). For this purpose, a brief historical review of social assistance policies was produced in order to understand the current scenario, marked by neoliberal reforms. The study, from an ethnographic inspiration, there was basically through three stages. At first, the researcher followed meetings with the CREAS team. For each meeting it was developed a Field Diary. In the second, the researcher conducted reflexive interviews with four workers. The third and last, was developed the interpretation, analysis and discussion of the collected material in the previous steps. This process revealed the constant changes that the work in public service suffers according to Social Assistance policies in the municipality and its relationship with neoliberal processes in the broadest sense. If, on the one hand, despite this context, the workers have the capacity to also turn on and organize their activities, giving new meanings, collectively, on the other, it was observed that the mental strain is present in their daily lives. It seems to be associated to the numerous impediments to the realization of the work activity raised by management, as well as the workload related to the nature of services to families who have suffered violations of their rights. To handle these situations, the workers take more individual tactics rather than a collective organization.
Keywords: sistema único de assistência social
poder de agir
saúde mental relacionada ao trabalho
desgaste mental
unified social assistance
power to act
work-related mental health
mental strain
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: GALBIATTI, Fabiano. O poder de agir de trabalhadoras da assistência social no contexto neoliberal. 2015. 109 p. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/347
Issue Date: 26-May-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
FABIANO GALBIATTI.pdf930.78 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.