???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/354
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Ecos da violência: a perspectiva de estudantes de uma escola pública
Other Titles: Violence echoes: the perspective of a public school students
???metadata.dc.creator???: Meireles, Jacqueline 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Guzzo, Raquel Souza Lobo
???metadata.dc.contributor.referee1???: Souza, Vera Lúcia Trevisan de
???metadata.dc.contributor.referee2???: Sadalla, Ana Maria Falcão de Aragão
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho parte da necessidade de compreender a violência escolar a partir da perspectiva dos estudantes, decorrente da experiência de desenvolvimento de um projeto de enfrentamento à violência no âmbito de uma escola pública (Projeto ECOAR - Espaço de Convivência, Ação e Reflexão). Partindo das contribuições teóricas da Psicologia Social da Libertação, concebemos a violência na perspectiva psicossocial, que a analisa enquanto surge e se configura nas relações cotidianas. Buscamos compreender os tipos de violência vivenciados pelos estudantes, e quais os sentidos que eles lhe atribuem, visando o levantamento de diretrizes para o enfrentamento a esta questão. Foram utilizados os diários de campo escritos pela equipe do ECOAR ao longo de dois anos de sua intervenção na escola, bem como as fotografias de cartazes com o tema "o que é violência?" produzidos pelos estudantes. A análise destas fontes de informação permitiu identificar o valor instrumental atribuído à violência pelos estudantes, a naturalização das agressões físicas e verbais e a descrença na forma como a escola encaminha estas questões. Assim, traçamos um plano de enfrentamento à violência, pautado em cinco estratégias: a ampliação do conceito de violência através de formações com todos os atores escolares; a criação de espaços de desenvolvimento integral, com foco no potencial dos esportes e das artes; a criação de espaços de participação democrática na escola; o desenvolvimento de ações que enfraqueçam a utilidade da violência, e por fim, o acompanhamento do desenvolvimento dos estudantes pelos psicólogos escolares. Defendemos por fim, que este plano de enfrentamento à violência só é possível se a Psicologia estiver presente como parte da equipe técnica da escola.
Abstract: The present work comes from the need to understand school violence from the perspective of students, as the result of an experience of developing a school violence prevention project within a public school (Project ECOAR - space of living, action and reflection). Considering the theoretical contributions of the Social Liberation Psychology, we conceive violence in the psychosocial perspective, which analyses violence as it emerges and get shaped in everyday relationships. We aim to understand which types of violence are lived by the students, as well the sense of violence to them, in order to raise some guidelines for dealing with this issue. Field diaries written by the staff of Project ECOAR over two years of intervention in school and photographs of posters made by the students with the theme "what is violence?" were used as source of information. With the analysis of these sources we could identify the instrumental value assigned to violence by the students, the naturalization of physical and verbal abuse and the disbelief in the way school deals with these issues. Thus, we draw a plan of school violence prevention based on five strategies: expanding the concept of violence through trainings of all scholar actors; creating activities of comprehensive development, focusing on sports and arts potential; creating spaces of democratic participation in school; developing actions that weaken the utility of violence, and finally, monitoring the development of students by school psychologists. We sustain, by the end, that this school violence prevention plan is only possible if Psychology integrates the school´s technical team.
Keywords: violência escolar
violência na escola
psicologia escolar
desenvolvimento humano
psicologia social da libertação
school violence
violence at school
school psychology
human development
liberation social psychology
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: MEIRELES, Jacqueline. Ecos da violência: a perspectiva de estudantes de uma escola pública. 2015. 189 p. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/354
Issue Date: 9-Dec-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
Jacqueline Meireles.pdf5.59 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.