???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/381
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Subjetividade no esporte: o impacto da subjetividade do técnico na constituiçao de uma equipe de triatlo
Other Titles: Subjectivity in sport: the impact of the coach's subjectivity in one triathlon team constitution
???metadata.dc.creator???: Dobránszky, István de Abreu 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Rey, Fernando Luís González
???metadata.dc.contributor.referee1???: Rubio, Katia
???metadata.dc.contributor.referee2???: Neubern, Maurício da Silva
???metadata.dc.contributor.referee3???: Gozzi, Márcia Cândida Teixeira
???metadata.dc.contributor.referee4???: Guzzo, Raquel Souza Lobo
???metadata.dc.description.resumo???: A Psicologia do Esporte, tem estudado as dinâmicas grupais em equipes esportivas, analisando as relações inter-pessoais entre atletas, ou a influência de líderes e técnicos sobre a equipe, enquanto outras pesquisas estudam a influência dos participantes indiretos do ambiente esportivo, constituído, por exemplo, por familiares, amigos, cônjuges. As pesquisas têm analisado o processo de comunicação grupal de modo unidirecional, e desconsiderando o atleta como um sujeito ativo, e não passivo, onde seu comportamento é resultado direto dos estímulos apresentados pelo meio. Acredita-se que compreender as produções dos sentidos subjetivos, e como se organizam os processos de comunicação em uma equipe esportiva, são relevantes para compreendermos as configurações subjetivas, tanto da subjetividade grupal, como dos atletas individualmente.Tanto a subjetividade individual como a grupal passam por processos de constante transformação de forma a buscar um equilíbrio que considere as necessidades individuais e grupais ao mesmo tempo. Esse estudo teve como objetivo analisar a relação e os processos de produção de sentido subjetivo entre técnico e atletas de uma equipe de triatlo, considerando: i) a organização dos processos de comunicação da equipe, a entender a relação atleta - equipe, atleta - atleta, técnico - equipe, técnico atleta; ii) a compreensão do clima grupal e de que modo ele afeta a subjetividade dos atletas; iii) e de que forma estes processos influenciam no desempenho esportivo. O presente estudo enfatiza o caráter construtivo interpretativo e dialógico do conhecimento, a partir da interpretação de González Rey sobre pesquisa qualitativa. A pesquisa de campo constituiu-se por um acompanhamento de cinco meses de 8 atletas e um técnico de uma equipe de triatlo, em uma cidade do interior de São Paulo, e que participa de competições regionais, nacionais e internacionais. Para a realização deste estudo os instrumentos utilizados foram: dinâmica conversacional, termo utilizado para enfatizar o caráter processual e aberto das relações com o participante; complemento de frases, que permitiu adquirir informações sobre a produção de sentido do sujeito; e um diário de campo. Os instrumentos forneceram indicadores de sentido subjetivo, que em nossa análise, nos levou `a construção dos seguintes núcleos de sentidos subjetivos: i) o impacto da subjetividade do técnico na constituição da equipe; ii) o momento competitivo e sua influência na configuração subjetiva da equipe; e iii) a interferência da família na formação da subjetiva do atleta. O impacto de cada um desses núcleos de sentido subjetivo sobre o atleta e a equipe foram os principais resultados dessa pesquisa, onde a produção de sentido subjetivos do técnico teve forte influência no processo de comunicação entre ele com o atleta, equipe, e familiares do atleta. A disputa do técnico pela atenção e reconhecimento dos participantes diretos e indiretos, criou um ambiente de competição intra-pessoal, gerando individualismo, ciúme e inveja. Esses indicadores quando associados a outros existentes no ambiente competitivo, como a exaltação do vencedor, desvalorização do derrotado e o imediatismo, configuram uma subjetividade social, que representa a sociedade contemporânea.
Abstract: Sport Psychology has been studying the group dynamics in sporting teams, by analyzing the inter-personal relationships among athletes, or the leaders' and coaches' influence on the team, while other researches study the influence of indirect participants' of the sporting atmosphere comprising, for instance, relatives, friends and spouses. The researches have been analyzing the process of group communication on a one-way direction, and not considering the athlete as an active and not passive individual, where his/her behavior is a direct result of the incentives presented by the environment. It is believed that to understand the productions of the subjective senses and how the communication processes in a sporting team are organized are relevant to lead us understand the subjective configurations, both of the group subjectivity and of the athletes individually. Those two levels of the subjectivity go through processes of constant transformation aiming at looking for a balance to consider the individual and group needs simultaneously [at the same time]. That study had as objective to analyze the relation and the production processes of subjective sense between coach and athletes of a triatlo team, considering: i) the organization of the team communication processes to understand the athlete-team, athlete-athlete, coachteam, coach-athlete relationship; ii) the understanding of the group climate and how that affects the athletes' subjectivity; iii) and how these processes influence the sporting performance. The present study emphasizes the constructive-interpretative and dialogical character of the knowledge, starting from González Rey's interpretation over qualitative research. The field research comprised a five-month follow-up of 8 athletes and a coach of a triatlo team, in a town of the state of São Paulo countryside that participates in regional, national and international competitions. For the accomplishment of this study the tools used were: conversational dynamics, term used to emphasize the procedural and open character of the relationships with the participant; complement of sentences, which allowed acquiring information about the production of sense of the individual; and a field diary. The tools supplied indicators of subjective sense, which, in our analysis, took us to the construction of the following subjective senses nuclei: i) the impact of the coach's subjectivity in the team constitution; ii) the competitive moment and its influence in the team subjective configuration; and iii) the family interference in the athlete s subjective formation. The impact of each one of those subjective sense nuclei on the athlete and the team were the main results of this research, where the coach s production of subjective sense had strong influence in the communication process among him and the athlete, the team, and the athlete s family. The coach's dispute for the attention and recognition of the direct and indirect participants created an atmosphere of intra-personal competition, generating individualism, jealousy and envy. Those indicators when associated to others existent in the competitive atmosphere, as the winner's exaltation, the depreciation of the defeated and the promptness configure a social subjectivity, which represents the contemporary society.
Keywords: psicologia do esporte
subjetividade e esporte
subjetividade do técnico
subjetividade e equipes esportivas
sport psychology
subjectivity and sport
coach s subjectivity
sporting teams
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: DOBRÁNSZKY, István de Abreu. Subjetividade no esporte: o impacto da subjetividade do técnico na constituiçao de uma equipe de triatlo. 2007. 159 p. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2007.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/381
Issue Date: 8-Feb-2007
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Doutorado

Files in This Item:
File SizeFormat 
Istvan de Abreu.pdf415.04 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.