???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/389
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Escala de avaliação de sintomas-90-R-SCL-90-R: adaptação, precisão e validade
Other Titles: SCL-90-R: adaptation, reliability and validity
???metadata.dc.creator???: Laloni, Diana Tosello 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Yoshida, Elisa Medici Pizao
???metadata.dc.contributor.referee1???: Figueiredo, Gabriel Roberto
???metadata.dc.contributor.referee2???: Alves, Irai Cristina Boccato
???metadata.dc.contributor.referee3???: Wechsler, Solange Muglia
???metadata.dc.contributor.referee4???: Lipp, Marilda Emmanuel Novaes
???metadata.dc.description.resumo???: Apresenta estudo de precisão e validade da Symptom Checklist - 90 - Revised (SCL-90-R), junto a população clínica, além de um estudo preliminar de padronização. SCL-90-R é uma escala multidimensional de auto-avaliação para diagnosticar sintomas psicopatológicos segundo 9 dimensões: somatização, obsessividade-compulsividade, sensibilidade interpessoal, depressão, ansiedade, hostilidade, ansiedade fóbica, idéias paranóides e psicoticismo, com 90 Itens aos quais o respondente indica um grau de intensidade numa escala Likert de 5 pontos: desde O (nenhum) a 5 (muito). A amostra conta com 200 pacientes (Grupo Caso= GCa) do ambulatório de saúde mental e 399 pacientes das enfermarias (Grupo Controle= GCo) de um hospital geral universitário com idade acima de 19 anos (M=43,5; DP=23 ,8), sendo 41 % de mulheres e 59% de homens. Os estudos de precisão pela Análise de Consistência Interna e Teste-Reteste, indicam boa consistência interna (de 0,73 a 0,88) e estabilidade temporal (de 0,40 a 0,82) confirmando a boa fidedignidade do instrumento. O estudo de validade é efetuado pela validação de constructo e validação de critério. A validação de constructo estudada pela Análise Fatorial (AF), Análise de Agrupamento (AA) e Análise de Correspondência (AC) indica que os Itens agrupam-se em 4 Fatores (40% variância total) e que a intensidade de sintoma, nos níveis intermediários (I =pouco, 2=moderadamente, 3=bastante) é pouco discriminativa. A validade de critério estudada pelos métodos de Grupos Comparados e Contrastantes, Kruskal- Wallis e Validade Concorrente demonstra que o instrumento discrimina os grupos (Índice Global de Severidade/IGS-GCa=I,34 para homens e 1,47 para mulheres; IGS-GCo=0,80 para homens e 0,90 para mulheres), KW( X2 de 26,5 a 88,5 com nível de significância 0,001) e utilizando-se o Questionário de Saúde Geral (QSG) como medida de critério externo obtém-se correlação de 0,74. O estudo preliminar de padronização indica que normas brasileiras devem ser desenvolvidas. Sugere-se que dos 90 Itens originais, 40 que apresentaram carga fatorial mínima de 0,30 nos respectivos Fatores, sejam retidos para a adaptação e versão em português, e distribuídos em 4 dimensões: psicoticismo, obsessividade-compulsividade, somatização, ansiedade e adote-se uma escala Likert de 3 pontos (0=nenhum, 1=um pouco, 2=muito) para a avaliação da intensidade do sintoma. A escala, assim constituída, fornece medida válida da predominância de sintomas psicóticos, neuróticos, psicossomáticos e de ansiedade em pacientes atendidos em hospitais gerais em nosso meio. Propõe-se o desenvolvimento de normas brasileiras em pesquisas futuras.
Abstract: A reliability and validity study of the Symptom Checklist 90 Revised (SCL-90- R) among clinical population is presented, besides a standardization preliminary study. SCL-90-R is a self report, multidimensional scale to diagnose psychopathological symptoms according to 9 dimensions: somatization, compulsivity-obsessivity, interpersonal sensitivity, depression, anxiety, hostility, phobic anxiety, paranoid ideas and psychoticism, with 90 Items to which the respondent indicates an intensity degree on a Likert scale of 5 points: from 0 (none) to 5 (much). The sample amounts to 200 patients ( Case Group = CaG) from the mental health ambulatory and 399 patients from the infirmaries (Control Group = CoG ) of a university general hospital, ages over 19 (M = 43.5; DP = 23.8) , 41% women and 59% men. The reliability studies through Internal Consistency Analysis and Test Retest indicate good internal consistency (from 0.73 to 0.88) and temporal stability (from 0.40 to 0.82), thus confirming the instrument is reliabilily. The validity study is made through construct validation and criterion validation. The construct validation approached through Factorial Analysis (FA), Cluster Analysis (CLA) and Correspondence Analysis (CA) indicates that the Items group into 4 factors (40% total variance) and that the symptom intensity at intermediate levels (1= little, 2= moderately, 3= fairly) is poorly discriminatory. The criterion validity researched through Compared and Contrasted Groups, Kruskal-Wallis and Concurrent Validity demonstrates that the instrument discriminates groups (Global Severity Index GSI e CaG= 1.34 for men and 1.47 for women; GSI-CoG=0,80 for men and 0,90 for women), KW (__ of 26.5 to 88.5 with significance level 0.001). Using the GHQ as external measurement criterion, a 0.74 correlation is observed. It is suggested that from the 90 original Items, 40 that presented 0.30 minimum factorial charge on respective factors be retained for adaptation in a Portuguese version and distributed into 4 dimensions: psychoticism, obsessivitycompulsivity, somatization and anxiety. Furthermore, it is suggested that a 3 point Likert scale (0=none; 1=little, 2=much) be adopted for symptom intensity evaluation. The scale, in this format, provides valid measure of psychotic, neurotic, psychosomatic and anxiety predominance symptoms in patients tended to in Brazilian general hospitals. It is proposed that Brazilian standards be developed in future researches.
Keywords: SCL-90-R
avaliação de sintomas
validade
precisão
SCL-90-R
assessment
validity
reliability
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: LALONI, Diana Tosello. Escala de avaliação de sintomas-90-R-SCL-90-R: adaptação, precisão e validade. 2001. 234 p. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2001.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/389
Issue Date: 23-Nov-2001
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Doutorado

Files in This Item:
File SizeFormat 
Diana Laloni.pdf8.98 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.