???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/410
???metadata.dc.type???: Tese
Title: O lugar da escola pública na construção da identidade de alunos e ex-alunos da Vila São Nazi
Other Titles: The role of state schools in the identity formation of students and alumni of Vila São Nazi.
???metadata.dc.creator???: Santos, Marcelo Loures dos 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Souza, Vera Lúcia Trevisan de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Aguiar, Wanda Maria Junqueira de
???metadata.dc.contributor.referee2???: Gonçalves, Marlene Fagundes Carvalho
???metadata.dc.contributor.referee3???: Pachane, Graziela Giusti
???metadata.dc.contributor.referee4???: Amatuzzi, Mauro Martins
???metadata.dc.description.resumo???: Embora a literatura especializada aponte freqüentemente para a inadequação da escola no atendimento à população marginalizada, não há um consenso sobre seus efeitos na construção da identidade de seus alunos. O objetivo dessa pesquisa é compreender, a partir de entrevistas com ex-alunos de uma escola pública, a relação indissociável entre escola, contexto sócio-familiar e a construção de sua identidade. O conceito de identidade está fundado na teoria histórico-cultural, em especial na teoria da subjetividade de González Rey (2003). A entrevista individual em profundidade foi o principal instrumento metodológico, caracterizando o método de história de vida (ALBERTI, 1990). Este método preserva o caráter interpretativo, interativo e singular propostos pela epistemologia qualitativa de González Rey (2002). Nesse sentido, nos permitiu reconstituir pelo relato dos entrevistados não apenas sua história na escola, mas a história de toda a comunidade e o lugar da escola dentro dela. A concepção de identidade por nós adotada rompe com uma circunscrição estreita dos sujeitos e os insere em um contexto repleto de dinamismo e oscilações característicos da vida em sociedade. Por meio das entrevistas foi possível observar mudanças na forma como as atividades e as funções escolares são compreendidas pelos ex-alunos de diferentes gerações, apontando para uma maior flexibilização da postura transmissiva e disciplinar. Contudo, mesmo que em seus relatos as vivências identitárias sejam consideradas importantes no seu processo de aprendizagem mesmo quando essas acontecem na escola não há, nem por parte dos entrevistados, nem por parte da escola, a percepção de uma relação necessária entre esses elementos. Em seus relatos, os entrevistados tendem a apresentar a identidade e a aprendizagem escolar como universos separados.
Abstract: Although the specialized literature frequently points out that the school system is inadequate when attendance to the marginal population is concerned there is no consensus about its effects on the building of its students identities. The aim of this research is to understand, through individual interviews with students and alumni of a Brazilian state school, the unbreakable bond between the school and the social-familiar context in the formation of their identities. Our concept of identity is based on the historical and cultural theory, specially on the González Rey s (2003) subjectivity theory. Our main methodological tool was the in-depth and individual interviews what characterizes the life history methodology proposed by Alberti (1990). This method preserves the interpretative, interactive and unique trait propounded by the González Rey s (2002) qualitative epistemology. By utilizing this tool we were able to reconstruct not only the student s history experienced in school but also the role the school played in the community history. The conception of identity we adopted in this study breaks the narrow circumscription of the subjects and inserts them in a dynamic and oscillatory context which qualifies life in a social dimension. As a result we were able to observe the many changes in the way school functions and activities are grasped by alumni and students over different generations, tending to a greater flexibilization of transmissive and disciplinary postures. Even though the identitary experiences appear as relevant details in the student s reports there is no perception of a predetermined or compulsory relationship between these elements - even when they happen in the school environment by neither the student nor the school. The interviewed students tend to present their identity practices and their learning processes as completely different dimensions.
Keywords: identidade
escolarização
história de vida
subjetividade
comunidade
identity
schooling
life history
subjectivity
community
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: SANTOS, Marcelo Loures dos. O lugar da escola pública na construção da identidade de alunos e ex-alunos da Vila São Nazi. 2009. 275 p. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2009.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/410
Issue Date: 10-Feb-2009
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Doutorado

Files in This Item:
File SizeFormat 
Marcelo Loures dos Santos.pdf1.23 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.