???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/436
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Fim do mundo: o imaginário coletivo da equipe de enfermagem sobre a gestação interrompida
Other Titles: End of the world: the collective imaginary of the nursing team about interrupted pregnancy
???metadata.dc.creator???: Tachibana, Miriam 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Vaisberg, Tania Maria Jose Aiello
???metadata.dc.contributor.referee1???: Barbieri, Valéria
???metadata.dc.contributor.referee2???: Camps, Christiane Isabelle Couve de Murville
???metadata.dc.contributor.referee3???: Souza, Vera Lúcia Trevisan de
???metadata.dc.contributor.referee4???: Fulgencio, Leopoldo
???metadata.dc.description.resumo???: A ocorrência de interrupção da gestação demanda não apenas atendimento médico - hospitalar, mas também sustentação emocional, tendo em vista tanto o bem estar imediato da mulher, como a possibilidade de acolhimento a outros bebês que possa ter futuramente. Durante a internação, a mulher permanecerá sob cuidados da equipe de enfermagem obstétrica, de modo que suas vivências serão, em certa medida, afetadas pelas atitudes e condutas destes profissionais. Assim, justifica-se a proposta de investigar o imaginário coletivo da equipe de enfermagem obstétrica sobre a mulher que sofreu interrupção da gestação. Realizamos entrevistas individuais com dezesseis profissionais de um serviço de Obstetrícia de um hospital universitário, fazendo uso do Procedimento de Desenhos-Estórias com Tema como recurso mediador-dialógico. Após cada entrevista, foram redigidas narrativas psicanalíticas que, juntamente com os desenhos-estórias das participantes, foram considerados psicanaliticamente, visando a captação interpretativa de campos de sentido afetivo-emocional. Foram captados campos denominados Fim do mundo , Vazio eterno e Monstruosidade , que permitem a percepção da vigência de um imaginário coletivo no qual a gravidez interrompida é concebida como um fenômeno humanamente inaceitável, que apresentaria contornos apocalípticos, associados à atribuição de motivações maldosas e nefastas à própria gestante. O quadro geral evidencia que a equipe de enfermagem, como coletivo humano, provavelmente enfrentará dificuldades na adoção de condutas solidárias e sustentadoras diante deste tipo de paciente. Esta situação poderá ser superada apenas se a instrução e o esclarecimento das profissionais puderem ser complementados com atenção psicológica clínica, que lhes permita exercer suas tarefas de modo mais tranqüilo e amadurecido.
Abstract: The occurrence of a pregnancy s interruption requires not only medical and hospital care, but also emotional support, aiming at the patient s welfare and her ability to welcome other babies that she may have in the future. During hospitalization, the patient is under the care of an obstetrical nursing staff and therefore her experiences are affected by the attitudes and behaviors of these professionals. Thus, our project has the objective of investigating the collective imaginary of the obstetrical nursing staff towards the patient who has miscarried. We conducted individual interviews with sixteen professionals from an obstetrics clinic of a university hospital, using the Procedure Drawings-Story with Theme as dialogue mediator. After each interview, psychoanalytic narratives were written and were considered psychoanalytically together with the drawings-stories of the participants, aiming to capture interpretive fields of affective-emotional sense. We captured patterns denominated "End of the World", "Eternal emptiness" and "Monstrosity", which allows the perception that, in the collective imaginary, the interrupted pregnancy is perceived as a phenomenon humanly unacceptable, that would present apocalyptic traits associated with the evil and harmful motivations towards the pregnant patient. The overall picture shows that the nursing staff, as a human collective, might face difficulties in adopting and sustaining supportive behavior to this type of patient. This situation may be overcome only if the instruction and enlightenment of these professionals is supplemented with clinic psychological care that will allow them to perform their tasks more calmly and maturely
Keywords: enfermagem
gravidez
assistência hospitalar
imaginário coletivo
procedimento de desenhos-estórias com tema
nursing
pregnancy
hospital care
collective imaginary
procedure drawing-story with theme
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: TACHIBANA, Miriam. Fim do mundo: o imaginário coletivo da equipe de enfermagem sobre a gestação interrompida. 2011. 186 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2011.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/436
Issue Date: 23-Feb-2011
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Doutorado

Files in This Item:
File SizeFormat 
Miriam Tachibana.pdf5.01 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.