???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/463
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Indicadores genéricos de mudança em psicoterapia e eficácia adaptativa
Other Titles: Generic indicators of change in psychotherapy and adaptive efficacy
???metadata.dc.creator???: Honda, Giovanna Corte 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Souza, Vera Lúcia Trevisan de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Santeiro, Tales Vilela
???metadata.dc.contributor.referee2???: Oliveira, Iraní Tomiatto de
???metadata.dc.contributor.referee3???: Enumo, Sônia Regina Fiorim
???metadata.dc.contributor.referee4???: Nakano, Tatiana de Cássia
???metadata.dc.description.resumo???: A presente pesquisa, de natureza exploratória, buscou combinar o critério da eficácia adaptativa com os da Lista de Indicadores Genéricos de Mudança (LIGM), para se compreender melhor como as pessoas mudam em psicoterapia. O objetivo mais específico foi avaliar se existe relação entre a evolução na hierarquia dos Indicadores Genéricos de Mudança e a qualidade das respostas adaptativas. Utilizou-se o delineamento de estudo de caso intensivo. A LIGM refere-se a uma sequência ideal do que se espera que ocorra, se a psicoterapia obtiver êxito. Ela é composta por 19 indicadores dispostos de modo hierárquico, que se referem prioritariamente à forma como o paciente encara o seu problema, sua disposição para enfrentá-lo e as expectativas em relação à psicoterapia e ao psicoterapeuta. A eficácia adaptativa engloba as respostas dadas pelo indivíduo frente às dificuldades e vicissitudes da vida. Quanto mais um conjunto de respostas é adequado, mais eficaz será sua adaptação. Para tanto, os vídeos e as transcrições das sessões de um processo de psicoterapia breve psicodinâmica de paciente adulta que foi atendida por psicoterapeuta experiente foram avaliadas com a LIGM e com a Escala Diagnóstica Adaptativa Operacionalizada Redefinida (EDAO-R). De acordo com a LIGM foram encontrados 14 episódios de mudança, distribuídos em 11 sessões. Observou-se evolução dos indicadores de mudança, em que as sessões iniciais englobaram indicadores de menor hierarquia e as sessões finais abarcaram indicadores de maior hierarquia. Os resultados também mostraram que houve evolução na eficácia adaptativa da paciente, de pouquíssimo adequada para adequada, no setor Afetivo-Relacional (A-R, que diz respeito aos relacionamentos intra e interpessoais) e de pouquíssimo adequada para pouco adequada no setor Produtividade (Pr, que envolve trabalho ou principal ocupação que a pessoa exerce). Sugere-se que o progresso na hierarquia dos indicadores demonstrou que a paciente passou a oferecer respostas mais adequadas, que ocasionaram principalmente em mudanças no setor A-R. Alguns fatores provavelmente contribuíram para as mudanças alcançadas e estes dizem respeito à paciente (participou ativamente do processo, tinha consciência de suas dificuldades e apresentou motivação para trabalhar nos problemas), à terapeuta (intervenções utilizadas durante as sessões) e à relação estabelecida entre ambas (aliança terapêutica). Foi possível concluir que neste estudo houve associação entre as duas medidas, que podem ser usadas para auxiliar o terapeuta na avaliação de progresso do paciente e na compreensão das variáveis que podem facilitar ou limitar a mudança do paciente. Sugere-se a realização de novas pesquisas, que compreendam maior número de casos e que contem com processos considerados mal sucedidos e em que houve abandono por parte do paciente.
Abstract: The present exploratory study aimed to combine the adaptive efficacy criterion with the Generic Change Indicators List (GCIL) to better understand how people change in psychotherapy. The specific aim was to evaluate if the evolution in the hierarchy of Generic Change Indicators is associated with the quality of adaptive responses. Methodologically, the research was based on an intensive case study design. The List presents an ideal of what happens when psychotherapy is successful. The List is composed by 19 indicators disposed hierarchically, which relate primarily to how the patient sees his or her problem, his or her willingness to face it and his or her expectations for psychotherapy and psychotherapist. Adaptive efficacy comprises the responses of the individual in the face of difficulties and vicissitudes of life. The more adequate a set of responses is, the more the adaptation of the subject will be considered effective. The videos and the transcriptions of the sessions of a brief psychodynamic psychotherapy process were evaluated with the GCIL and with the Scale of Adaptation (EDAO-R). According to the GCIL 14 episodes of change were identified into the 11 sessions of the psychotherapy. Results pointed to evolution in the hierarchy of indicators of change. The initial sessions comprised indicators of lower hierarchy and final sessions encompassed indicators of higher hierarchy. The results also showed that there was an evolution in the patient s adaptive efficacy, from very slightly adequate to adequate in the A-R area and from very slightly adequate to slightly adequate in the Pr area. We suggest that the progress in the hierarchy of the indicators showed that the patient began to offer more adequate responses, which resulted mainly in changes in the A-R area. It was possible to conclude in this study the association between the two measures. Some common factors to different therapeutic approaches probably contributed to the changes that the patient achieved and these are relate to the patient (she actively participated in the process, was aware of her difficulties and showed motivation to work on the problems), to the therapist (interventions used during the sessions) and to the relationship between therapist and patient (therapeutic alliance). Further researches must be pursued, involving a larger number of psychotherapies, including unsuccessful and dropout processes.
Keywords: processos psicoterapêuticos
avaliação de processos (cuidados de saúde)
mudança (psicologia)
pesquisa em psicoterapia
psychotherapeutic processes
process assessment (health care), change (psychology)
psychotherapy research
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCV – Centro de Ciências da Vida
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: HONDA, Giovanna Corte. Generic Indicadores genéricos de mudança em psicoterapia e eficácia adaptativa. 2014. 105 p. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2014.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/463
Issue Date: 1-Dec-2014
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Doutorado

Files in This Item:
File SizeFormat 
Giovanna Corte Honda.pdf871.47 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.