???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/747
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Rankings universitários promovidos por jornais no espaço Ibero-Americano: El Mundo (Espanha), El Mercurio (Chile) e Folha de São Paulo (Brasil)
Other Titles: University rankings promoted by newspapers in Iberoamerica: El Mundo (Spain), El Mercurio (Chile) and Folha de São Paulo (Brazil)
???metadata.dc.creator???: França, Carlos Marshal 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Calderón, Adolfo Ignacio
???metadata.dc.contributor.referee1???: Haas, Celia Maria
???metadata.dc.contributor.referee2???: Casado, Elias Sanz
???metadata.dc.description.resumo???: As últimas décadas vêm testemunhando um espaço de centralidade para os chamados rankings universitários no Brasil, nos países ibero-americanos e no mundo, produzidos por instâncias governamentais oficiais (rankings públicos) ou a partir de avaliações realizadas por agências não governamentais, vinculadas muitas vezes a empresas do segmento midiático (rankings privados). O surgimento de rankings privados pode ser interpretado como decorrência do processo de institucionalização de um mercado educacional de educação superior, articulado ao um momento em que se verificam processos de reforma dos Estados Nacionais que, intensificados a partir da década de 1990, teriam passado a operar com base em princípios típicos de uma lógica de mercado. O exame do cenário ibero-americano permitiu identificar três rankings privados (o 50 Carreras - Los Mejores Centros Universitários; o Ranking de Calidad de lãs Universidades Chilenas; e o Ranking Universitário Folha RUF) produzidos e disseminados por veículos de mídia impressa de grande circulação, em três importantes países: o El Mundo, da Espanha; o El Mercurio, do Chile; e a Folha de São Paulo, do Brasil. O objetivo central do trabalho consiste em estudar, a partir de uma perspectiva da Educação Comparada, esses três rankings universitários privados, buscando compreender sua trajetória, funcionamento e a metodologia utilizada para a formulação dos mesmos. Os resultados desta investigação apontam que a produção científica a respeito de rankings no espaço ibero-americano é ainda incipiente. A análise comparativa efetuada entre os três rankings em questão evidenciou pontos de aproximação e de distanciamento entre os mesmos quanto ao papel desempenhado pelos rankings privados produzidos por jornais de grande circulação; à maneira como cada um deles trata a questão da complexidade e diversidade dos sistemas universitários nacionais; e quanto ao grau objetividade ou subjetividade a partir do qual são construídos seus indicadores.
Abstract: The last decades have been witnessing a centrality space to the so-called university rankings in Brazil, Ibero-american countries and the world, generated by official government institutes (public rankings) or from evaluations conducted by non-governmental agencies, often linked to media-segment companies (private rankings). The rising of the private rankings may be interpreted as result of the institutionalization process of an educational market of university education articulated to a moment in which remodeling processes of the National States are taking place and, intensified from the 1990 decade on, would have begun to operate based on principles typical of a market logic. The observation of the Ibero-american scenario allowed to identify three private rankings (50 Carreras - Los Mejores Centros Universitários; Ranking de Calidad de lãs Universidades Chilenas; and Ranking Universitário Folha RUF), generated and disseminated by press-media vehicles widely distributed in three important countries: El Mundo, in Spain; El Mercurio, in Chile; and Folha de São Paulo, in Brazil. The core objective of this work consists of studying these three private university rankings from a Compared Education perspective, aiming to understand their trajectory, functioning and the methodology employed to formulate them. The results of this investigation indicate that the scientific production concerning the rankings in the Iberoamerican space still is incipient. The comparative analysis conducted with the referred rankings showed closeness and separation points among them concerning the role performed by private rankings generated by newspapers of wide reach, the way each one addresses the issue of the complexity and diversity of the university national systems and the degree of objectivity or subjectivity from which their indicators are built.
Keywords: rankings universitários
rankings de educação superior
educação superior
avaliação da educação superior
university rankings
rankings of university education
university education
evaluation of university education
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
???metadata.dc.publisher.initials???: PUC-Campinas
???metadata.dc.publisher.department???: CCHSA – Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: FRANÇA, Carlos Marshal. Rankings universitários promovidos por jornais no espaço Ibero-Americano: El Mundo (Espanha), El Mercurio (Chile) e Folha de São Paulo (Brasil). 2015. 226 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br:8080/jspui/handle/tede/747
Issue Date: 27-Feb-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
CARLOS MARSHAL FRANCA.pdf1.17 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.